sexta-feira, 5 de julho de 2013

*Reciclagem de Pilhas e Baterias*

*Reciclagem de Pilhas e Baterias*

Aqui na minha cidade tem alguns lugares onde coletam para reciclagem, mas não sei se todos sabem. É bom que as pessoas procurem se informar os locais próprios de cada cidade para que futuramente essas pilhas e baterias possam ser recicladas e não causar danos a ninguém.

~*~

As pilhas e baterias são compostas por metais maléficos à saúde do ser humano e nocivos ao meio ambiente, como o mercúrio, chumbo, cobre, zinco, cádmio, manganês, níquel e lítio. No Brasil, são mais de 1 bilhão de pilhas e cerca de 400 milhões de baterias de celular produzidas e comercializadas todos os anos.
Grande parte das pilhas e baterias descartadas são jogadas no lixo comum sem nenhum tratamento técnico específico. Desde o ano 2000, no Brasil, há uma obrigatoriedade que exige que pilhas e baterias sejam fabricadas com quantidades mínimas ou nulas de metais poluidores como os citados anteriormente.

Essa exigência faz parte da resolução n° 257 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) de 1999. A resolução foi lançada para coibir os pronunciamentos de diversas empresas que insistiam em afirmar que o descarte de pilhas e baterias no meio ambiente era algo naturalmente aceitável e não nocivo à saúde humana e do meio ambiente.

Segundo o Conama, só é possível jogar as pilhas no lixo comum se houver manejo sustentável nos aterros sanitários. No Brasil, somente 10% dos aterros são gerenciados com manejo. Muitas pilhas consumidas no Brasil são provenientes de contrabando e são produtos que estão fora do padrão de segurança e qualidade exigido pelo Conama.

Em nosso país, a reciclagem de pilhas e baterias é mínima, as pessoas ainda possuem a cultura de descartar pilhas usadas no lixo comum e de não levar uma bateria de celular usada, por exemplo, nos postos de coleta das operadoras. Segundo dados de 2008, somente 1% das pilhas descartadas são recicladas.

Cerca de 1% do lixo urbano é composto por resíduos sólidos tóxicos. Grande parte desses resíduos, segundo o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) são restos de lâmpadas fluorescentes, latas de inseticidas e tintas, termômetros, pilhas e bateria.

Se a reciclagem de pilhas e baterias em nosso país ainda não representa um número satisfatório pela falta de consciência por parte do consumidor, postos de coletas nas lojas, fiscalização nos procedimentos de retirada por parte das empresas e, sobretudo, de uma legislação e educação que incentive tais causas para reciclagem, uma forma de tentar mitigar o impacto ambiental causado pelas pilhas e baterias é substituir, na produção, os metais pesados por novos insumos não nocivos.

Por: Fernando Rebouças

quinta-feira, 23 de maio de 2013

         Pulseira ~Charmed~
Pulseira ~Charmed~
Regulável - Preço R$ 25,00 + frete.

quarta-feira, 8 de maio de 2013


Por um Tibet livre!


Ontem dia 7 de maio, os chineses queimaram mais um mosteiro tibetano, chamado Kathok, que possuía 840 anos de idade.
Vamos lutar por um Tibet livre. Tentem não comprar muitos desses produtos chineses. Eu sei que é difícil, uma vez que isso virou “praga”. Mas nos unindo dessa maneira, talvez possamos mudar um pouco a situação do Tibet e reduzir essa opressão da China. 

Assinem a petição: http://www.avaaz.org/po/petition/Tibet_livre_do_dominio_da_China/?pv=32


“O budismo tem as características que se podem esperar de uma religião cósmica do futuro: Transcende a um Deus pessoal, evita dogmas e teologia; é ligada ao natural e ao espiritual, e baseia-se num sentido religioso que aspira a experiência de todas as coisas, naturais e espirituais, como uma unidade significativa.”
“Se existe qualquer religião para lidar com as necessidades científicas modernas, essa é o budismo”.
(Albert Einstein)

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Boa Noite!
Faz muito, muito tempo que não posto nada aqui no blog, mas agora venho com novidades!!
E a novidade se chama Clã da Floresta.
Quem seguia o blog sabe que o antigo nome era Magia Celta, maaas como minha loja e página no facebook se chama Clã da Floresta, nada mais justo do que colocar o mesmo nome no Blog, né?!
E eu realmente amo a cultura celta, não vou deixar de falar sobre ela aqui, só que não gosto de limitar - me somente a um assunto, portanto, mudando o nome do blog eu fico, digamos, livre para postar sobre vários assuntos, culturas etc.
Aqui farei algumas postagens iguais as da página e algumas diferentes, e também divulgarei alguns produtos do ateliê.
Não tenho muito tempo para postar direto, mas podem ter certeza de que não abandonarei novamente o blog. Gosto muito de postar aqui também, mas o tempo que tenho livre eu dedico quase totalmente à minha page, pois os leitores dela moram no meu <3 lupino!! :)
Bom, é isso, quem não possui uma conta no facebook, espero que visite meu blog e conheça o Clã.
Quem possui uma conta no facebook e não conhece minha página venha conhecer e fazer parte do Clã:
www.facebook.com/ClaDaFloresta.
E quem já conhece e curte a page...bem, já faz parte da nossa comunidade, nossa família virtual e espiritual do Clã da Floresta.
Namastê!