terça-feira, 8 de março de 2011

Ynys Môn - A Ilha Abençoada


Ynys Môn - a Ilha Abençoada
Era uma vez uma ilhazinha no País de Gales....

Rhoscolyn Coast, Anglesey
 Sim, o assunto de hoje é sobre uma ilhazinha(que não é tão ilhazinha assim) que se localiza no noroeste do pais de gales e também é parte do Reino Unido da Grã-Bretanha. Ela contém muita história interessante, e seu nome é Ynys Môn, ou Inis Mona(Nome bem conhecido entre os fãs de Eluveitie, por causa de sua música, de mesmo nome, falando é claro, da Ilha).Atualmente seu nome mais usado é de origem Viking, Anglesey.
Os druidas tinham essa ilha como sagrada, há muito tempo atrás. Faziam lá seus rituais, transmitiam sua sabedoria, juntavam seus tesouros sagrados, enfim, cultuavam seus deuses à sua maneira até que, um “belo dia’’ nosso queridíssimo general romano Gaius Suetonius Paulinus resolve acabar com toda a alegria, assim como atacou as forças de nossa heroína Boudicca na mesma época. Mas ele não foi o único, obviamente ocorreram outras invasões à ilha, porque os romanos realmente não se contentavam com pouco, afinal como eles teriam um exército daquele porte? Os romanos iam esmagando anos e anos de civilizações para expandir cada vez mais seus territórios e sua cultura um tanto quanto imoral.
Fugindo um pouco do assunto principal agora...
Quem não sabe que muitas invasões que ocorreram em épocas antigas e mesmo atuais foram o motivo da perda de muito conhecimento que poderia, quem sabe, ter salvado o mundo, pelo menos de sua ignorância?
Francisco Pizarro, por exemplo, exterminou o império Inca. Os incas tinham uma profecia dizendo que deuses retornariam a terra, uma vez que já os haviam visitado antes, e quando viram os espanhóis, todos cheios de si, com suas armaduras reluzindo, sua pele clara e muitas outras coisas diferentes, pensaram que o momento do retorno havia chegado. Pizarro, obviamente amou a idéia e se aproveitou dela para acabar com toda a sabedoria que os incas possuíam.
Com os Maias foi a mesma coisa. Só o nome do sujeito invasor é que mudou, a nacionalidade continuou a mesma.
E as forças dos Estados Unidos que invadiram o Iraque em 2003 e acabaram por destruir 80.000 tábuas de argila que continham as primeiras formas de escrita?
Isso é realmente muito gratificante. Algo que poderíamos recuperar facilmente não?
É, os invasores nunca pensam nisso, que o conhecimento tanto astronômico, filosófico, matemático, espiritual ou até mesmo a cura para alguma coisa pode estar perdida com uma simples atitude impensada deles.

Llanfechells - Trio de menires em Anglesey

Mas deixando pra lá o infortúnio, pois, como sabemos ninguém está interessado na história para aprender com seus os erros(quantas outras invasões ainda estão por vir?) vamos retornar a nossa ilha, que afinal, é o motivo do post ora essa!
Ynys Môn atualmente é visitado por sua beleza natural, vida selvagem,  suas praias e também é claro, por sua beleza e riqueza histórica, castelos e menires. Os romanos podem ter expulsado os druidas de lá para sempre, mas a magia fica impregnada, isso ninguém pode destruir.
Portanto próxima parada: Inis Mona! Vamos?

     By Cris Celtic                                                         



Ynys Môn também é citada várias vezes na trilogia ''As Crônicas de Artur'', de Bernard Cornwell. Não recomendo esta saga somente por causa da ilha, mas também porque é uma das histórias mais fiéis sobre Artur, em minha opinião.
                           ~*~
                              
                                                     



Farol Tŵr Mawr
 Só por curiosidade, há também uma ilhazinha mágica conectada à Ynys Môn, chamada Llanddwyn, onde foi filmado parte do filme Protegida por um Anjo(Halflight), que por sinal é um filme excelente! Confiram!

                    





                            ~*~

E também vai aqui, pra quem não conhece, a letra e o vídeo da música “Inis Mona” da maravilhosa banda Eluveitie:

  Inis Mona

Welcome to the land of questions
Welcome to the isle of lore
Where the veil came crumbling down

There it all began,
The germination
Unveiling a cryptic door
There it was revealed
Hopes and aspirations
Unclosing an enthralled door

Escalate the sense
Enhancing to join the dawn

I close my eyes, Inis Mona
And reminisce of those palmy days
I moon o'er you, Inis Mona
As long as I breathe
I'll call you my home

20 years I have walked your barrows
Years of emulous youth
I followed the path of the wise

There it all was sown
The inspiration
Removing the seven seals
There it was revealed
Enigma of freedom
Unclosing an unseen door

Bodowyr Burial Chamber

Anglesey Môn Information Website
http://www.anglesey.info/ - Site Muito bom, com muita informação e lotado de fotos da ilha.

                                                           ~*~

Um comentário:

  1. Vamos sim, tou nessa viagem tbm.. aushaihsiuhaius

    muito legal, eu não conhecia a história de inis mona.. beijos cris!

    ResponderExcluir