quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Stonehenge

             Stonehenge


Bom, não sei se alguém vai ler isto, mas, na verdade eu escrevo esses artigos para ficar cada vez mais por dentro dos assuntos que me interessam, se outros gostarem, poxa, melhor ainda!
Então, hoje falarei de uma das coisas que mais me fascinam neste mundo, as pedras mais preciosas de toda a humanidade, Stonehenge.
Pois é, todos nós sabemos que ele se situa em Salisbury, Inglaterra, que são pedras enormes que possuem muita magia, mas isso não é de hoje, nem de ontem e muito menos de semana passada, ele está lá há muito, muito tempo, o problema é que mesmo que pesquisemos muito, nunca vamos realmente saber o tempo e quem realmente levou aquelas pedras até lá, mas podemos imaginar, temos imaginação pra que, senão usá-la?
Ok, muita gente diz que foram os druidas celtas que misteriosamente instalaram as pedras lá. Como, gente?
Usando escravos, bois e trenós de madeira é que não foi. E quanto mais voltarmos na história, mais impossível se tornaria essa teoria, afinal seria muito estranho povos britânicos bem primitivos terem tanta noção de engenharia a ponto de construírem trenós para aquelas pedras imensas que, até hoje em dia com toda tecnologia, seriam muito difíceis de serem transportadas. Mas, penso que os povos mais antigos não poderiam fazer isso com um porém...sozinhos.
Vocês conhecem os círculos ingleses? Vou mudar um pouco de assunto por um momento só para poder chegar precisamente onde quero. Então, os círculos ingleses são aqueles desenhos que se formam no chão, nas plantações, da noite para o dia e são nitidamente vistos de cima. Nós, meros seres humanos não seriamos capazes de fazer isto, portanto a única coisa que me vem à mente no momento que penso nisso é o que vemos em muitos filmes e de uma forma totalmente errônea. Sim, extraterrestres. Sem querer ser exagerada, é claro, mas, não seria possível? Obviamente que sim! Não estamos sozinhos no universo, e aliás somos atrasados para falar bem a verdade, porque ninguém aqui da terra conseguiria em outro planeta fazer desenhos no chão alheio, uma vez que não conseguimos nem ver as formas de vida existentes nos outros planetas achando que todos precisam ser como nós.
Enfim, essa também pode ser uma hipótese, de como Stonehenge foi parar lá, tal como os círculos ingleses aparecem(é, Stonehenge também é um círculo inglês, de certa forma), sim, mas não é exatamente nisto que acredito. Eu ainda penso que os verdadeiros donos daquelas pedras e os causadores da primeira magia posta na planície de Salisbury foram os Atlantes. Os atlantes eram muito mais avançados do que nós, sobretudo mentalmente, portanto eles poderiam muito bem movimentar as pedras com o poder da mente. Ok, isto se parece um pouco com alguns contos de ficção, mas não é totalmente impossível. É claro que muitos vão procurar definições mais plausíveis, cientificamente comprovadas para Stonehenge, mas a minha opinião é a descrita acima.
          As pessoas não tem praticamente noção alguma do poder que já existiu naquele lugar, a verdadeira força existente naquele monumento, uma vez que muitos precisam se fantasiar de druidas para ir adorar deuses por lá. Não é bem assim. O poder que emana de Stonehenge pode ser percebido ao longe, sem nem precisar tocá-lo. Provavelmente de perto a energia é bem maior, imagine só, os milênios de magia, intrigas, dúvidas, deuses por causa de um só monumento. É admirável, porém a época de rituais, e sacrifícios por lá já passou há muito.

Infelizmente muitas das pedras do círculo e dos trílitos já caíram, mas a magia que sempre existiu no local, ainda que muitos duvidem, continua, é só sabermos usá-la.
                                                                                          By Cris Celtic



                                                                         ~~*~~
Para quem gosta de uma boa ficção e ainda assim quer aprender mais sobre Stonehenge eu recomendo dois livros:
Stonehenge - Bernard Cornwell

Os Ancestrais de Avalon - Marion Zimmer Bradley



Pesquisem também os outros círculos de pedra encontrados na Europa: Avebury, Carnac, Calanais,  etc...



- Se concordar, ou não com minha opinião, deixe um comentário, não custa nada. ^^

                                                                                          


6 comentários:

  1. cara, esse círculo é mesmo fascinante. Eu sempre quis saber como foi feito! A sua teoria é ótima.. gostei de verdade.. acho os atlantes muito interessantes, se puder postar mais sobre eles depois.. beijo cris! Parabéns pelo blog, vou divulgar!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro da Brandley cria uma teoria que cantando os atlantes colocavam as pedras em pé. Mas esses são Mistérios como o caso das piramides que se fossem empilhadas da forma que foram, por mãos humanas teriam caido,pois precisariam ser construido os 4 lados ao mesmo tempo, com um otimo calculo visivel apenas de cima. Anos frequentando a Ordem Rosacruz e outras Ordens apenas li teorias, fatos concretos sem perderam, alguns dizem que na extinta Biblioteca de Alexandria

    ResponderExcluir
  3. Sim...muito difícil saber com precisão! Mas as ideias estão no ar...temos que ver o que faz mais sentido para nós. =]

    ResponderExcluir
  4. É um assunto que possui vastas explicações, pelo fato de não haverem pedras semelhantes no raio de quilômetros próximo do local. Prováveis hipóteses de que sejam visitantes de fora, os extraterrestres que ajudaram no transporte e na disposição das pedras, mas há uma versão que coincide com sua opinião.
    Em Atlântida haviam originado as várias raças primordiais, existindo até mesmo os vermelhos, azuis e verdes.
    Duas raças vindas de Atlântida teriam chegado em parte da Península Ibérica e região do extremo norte da África. A primeira raça, veio construindo monolitos e templos, ensinando os homens o valor, criando tradições etc. A outra vinha, seguindo a primeira, destruindo tudo, desvirtuando os povos, e oque não podiam destruir, marcavam com símbolos para materializar toda a obra dos atlantes. As construções eram feitas de pedra, pois o metal representa as Potências da Matéria, por isso o sentido ganancioso que o ouro traz.
    É bem similar ao caso de Tiahuanaco.

    ResponderExcluir
  5. Seu artigo é interessante,bem detalhado e explicativo, de fato haviam muitas coisas nas quais eu nao conhecia sobre a mitologia céltica. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você, acho que de alguma forma essas pedras foram colocadas lá por um especie de força da mente, telecinetica.

    ResponderExcluir